Sobradinho (BA): Município cria ações de enfrentamento ao suicídio na terceira idade

Sobradinho SA-compressed.jpg

O município de Sobradinho vem desenvolvendo uma série de atividades referentes ao “Setembro Amarelo”, que chama atenção para a prevenção do suicídio. Palestras, rodas de conversas e oficinas abriram o diálogo sobre o tema, seguindo a proposta do “Setembro Amarelo”, de quebrar o tabu e fazer o enfrentamento ao problema, despertando nas pessoas a necessidade de ajudar aqueles que apresentem qualquer comportamento suicida.

Encerrando a programação, o CRAS, em parceria com a Clinica Médica Popular Do Vale, realizou no Plenário da Câmara Municipal uma palestra sobre a prevenção do suicídio e qualidade de vida na terceira idade. Segundo a palestrante Viviane Jatobá, de todas as doenças e transtornos que chegam com frequência nessa etapa da vida, a depressão pode ser um dos fatores de risco mais difíceis de identificar.

 

“Nessa fase da vida muitas pessoas começam a refletir sobre os objetivos que alcançaram, mas também sobre as perdas. Alguns têm a sensação de dever cumprido. Outros podem entrar em desespero ao pensar que a morte está se aproximando. Tem muitos casos de suicídio nessa fase. Por isso é importante que a família não ignore os sinais do transtorno e busque ajuda. O que também abordamos neste evento, foi o poder da auto estima e da adoção de hábitos saudáveis para que se tenha uma vida melhor,” destacou a palestrante.

 

A aposentada Maria Cândido da Silva Pinheiro elogiou a iniciativa.” Eu gostei muito, pois a palestrante esclareceu muita dúvidas que tínhamos em relação aos hábitos alimentares, da importância de praticar exercícios e não se abater diante dos problemas. Ela também falou da importância da gente ter uma boa relação com a nossa família e sempre estar em contato com outras pessoas que possam melhorar o nosso humor. A palestra foi muito boa. Toda equipe está de parabéns, ” disse a aposentada.

O Orientador Social do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, Romário da Silva Moura, falou da importância do encontro.

“Nós do Serviço de Convivência somos responsáveis por envolver os idosos em atividades recreativas, informativas e de capacitação. Todo este trabalho tem como objetivo manter os idosos distantes dos fatores de risco, como o isolamento social, a depressão e o alcoolismo. Tendo em vista que a taxa de suicídio entre idosos com mais de 70 anos cresce a cada ano, planejamos este importante encontro. O trabalho realizado hoje visa conscientizar os nossos idosos em procurar um estilo de vida saudável para que se possa de fato desfrutar da melhor idade,” concluiu o orientador.

 

Ascom PMS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s