Juazeiro (BA): Câmara realiza Sessão Itinerante, no Arco da Ponte, em homenagem ao Dia da Capoeira

CMJ Capoeira.jpg
Na noite desta sexta-feira (23/11), a Câmara de Juazeiro realizou uma Sessão Especial e Itinerante, no Arco da Ponte, em comemoração ao Dia da Capoeira que integrou a Semana da Consciência Negra no Município. A solenidade foi presidida pelo vereador, Jean Gomes (PT), e secretariada por Anderson da Iluminação (PP).

Em sua palavra de abertura o presidente, Jean Gomes, falou sobre o evento. “Nós da Câmara com toda satisfação viemos aqui mais uma vez na terceira edição do Dia da Capoeira em parceria com a Secretaria de Cultura. É uma honra fazer parte deste movimento através do Projeto de Lei de autoria do ex-vereador, Pedro Filho. Com certeza pretendemos fazer outras edições desse momento”, disse.

Representando os capoeiristas, o mestrando em capoeira, Alabah, destacou o papel importante da capoeira. “Somos detentores de um conhecimento riquíssimo, mas poucas pessoas conhecem. Muitos usam a capoeira como marketing em datas festivas, mas a capoeira quer o seu valor e esse valor vem dos mestres mais antigos, chamados os anciões, que dedicam sua via a essa arte, mas no final são esquecidos. A capoeira não dá só um sentido de força e libertação, mas ela leva paz e cultura viva, onde todos são iguais”, disse.

“O Novembro Negro tem sido intenso na cidade e acredito que a capoeira é um símbolo muito importante da nossa resistência secular. O povo negro de Juazeiro e do Brasil continua sofrendo muito e ainda é vítima de racismo, um crime inafiançável. Juazeiro é uma cidade com mais de 70% da população negra e que preserva essa arte e luta tão bonita”, disse Márcia Guena.

Homenagens

Ao final da Sessão foram homenageados, pela Câmara, alguns mestres com placas comemorativas em alusão ao Dia da Capoeira. O primeiro foi Ivaldirene Diogo da Silva, o mestre Faísca. A segunda foi prestada a mestre Jô, Joselita Pereira de Oliveira. Em seguida o mestre Gentil, Wandenberg Ferreira do Nascimento, que foi representado pelo Mestrando Alabah, e por último foi concedido ao mestre Tronco, Josemar Ferreira do Nascimento.

 Mesa

A mesa foi composta pela vereadora licenciada e secretária de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade, representando o prefeito, Paulo Bomfim, Cida Gama. Representando a Secretaria de Educação e Juventude Stallone Araújo; Representando a Superintendência de Cultura, Josenaldo Cícero; a professora da Universidade do Estado da Bahia e presidente do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial, Márcia Guena; o mestrando em capoeira, Allabah; Mestra Jô. E os vereadores, Anastácio (PC do B), Aguinaldo Meira (PC do B) e o vereador licenciado e secretário da Agência do Desenvolvimento Agricultura e Pecuária de Juazeiro, Tiano Felix.

Ascom PMJ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s