Sobradinho (BA): Prefeitura inicia Curso de Formação Continuada em Libras para professores e servidores municipais

Libras Sobradinho-compressed.jpg

A Prefeitura de Sobradinho, através da Secretaria de Educação (SME), iniciou na última quinta-feira (09/05), as aulas da turma de 2019 do Curso de Formação Continuada em Libras, uma das iniciativas da gestão municipal que visa implementar politicas públicas de inclusão social.

Há 19 anos, na gestão do ex-prefeito Luiz Berti, foi criada a primeira turma do Curso de Libras, mas a ação não teve continuidade pelas gestões posteriores, sendo retomada e ampliada pelo governo atual, que passou a oferecer a capacitação não apenas para os profissionais da educação, mas também para os funcionários públicos e prestadores das secretarias de Saúde e Assistência e Desenvolvimento social.

 

Sobre essa expansão do público alvo da formação em Libras, a Secretária de Educação, Ducilene Kestering, destacou que “a inclusão não se faz apenas no espaço interno da escola. É preciso que a comunidade surda seja assistida por todas as instituições, sejam elas escolas, demais repartições, Unidades Básicas de Saúde ou o Hospital municipal. Hoje já temos intérpretes formados nesse curso, trabalhando nas escolas da rede municipal, acompanhando os alunos em sala de aula, mas agora queremos intérpretes também nos demais setores públicos do município”.

 

A Secretaria de Saúde Maysa Sanjuan, também participou da aula inaugural, e ressaltou a importância da formação para os trabalhadores da área da saúde. “A comunidade surda de Sobradinho é um grupo que está em crescente expansão, e desde a primeira turma do curso no ano 2000 até essa de 2019, nós nos preocupamos em atender essa comunidade. O objetivo da gestão é garantir que eles tenham seus direitos respeitados e que estejam incluídos na sociedade”, ressaltou Maysa Sanjuan.

 

O Curso de Formação Continuada em Libras tem carga horaria de 60 horas. E as aulas acontecerão todas as sextas-feiras no Colégio Municipal 24 de Fevereiro com previsão de conclusão no mês de Dezembro. “Queremos que as pessoas surdas se sintam confortáveis e aceitas em todos os ambientes sociais. Queremos transpor as barreiras de comunicação para que eles se sintam parte da sociedade como um todo, pois se eles não conseguem se comunicar, acabam se sentindo excluídos. E o curso de Formação Continuada em Libras vem justamente para preparar as pessoas ouvintes que podem vir a atender os surdos nos hospitais, nas escolas, nas farmácias e nas demais repartições publicas da cidade”,declarou a pedagoga e professora de Libras, Laudicelia Torres.

 

Ascom PMS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s