Bahia: Caravana da Justiça Social no Vale do São Francisco realiza quase cinco mil atendimentos

Caravana da Justiça Social.jpeg

Após percorrer os municípios de Juazeiro e Sobradinho, a Caravana da Justiça Social chegou  em Casa Nova na última sexta-feira (31/05). Nos três dias da ação, desenvolvida pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), foram 4.907 atendimentos – serviços de cidadania que movimentaram o Vale do São Francisco.


Além da emissão de documentos como RG, CPF, Certidão de Nascimento e Carteira de Trabalho, outros serviços também movimentaram a Caravana, a exemplo do Teste de DNA, atendimento do Procon e Diálogos com a Juventude. O secretário da SJDHDS, Carlos Martins,  a Caravana cumpriu a missão de atender, com excelência, o máximo de pessoas possível, demonstrando o compromisso da Seretaria com a população baiana. “O balanço geral demonstra números expressivos, e para além dos números,  vimos a efetividade de um trabalho bem feito, as pessoas saiam satisfeitas e a equipe com a sensação de dever cumprido”, destacou Martins.

Atendimentos do Passe Livre, ID Jovem, Bolsa Família, Rodas de Conversa com a população LGBT, reunião com os idosos, oficinas da Neojiba -com os músicos das  fanfarras locais – e as atividades lúdicas com pais e crianças, movimentaram o mutirão de cidadania. Dentre os beneficiários da ação, esteve Antenor Pereira, que fez o teste de paternidade. ” Indepedente do resultado, ela é minha filha do coração. Mas nao poderia perder a oportunidade re realizar esse teste, não poderia fazer se não fosse a Caravana”, disse ele.

O coordenador da 5° Regional da Defensoria Pública, André Lima Cerqueira, acompanhou os três dias da Caravana e revelou que os resultados demonstram o quanto tem sido importante a cooperação entre as secretarias, órgãos do Estado e entidades parcerias. “Foram mais de 200 atendimentos entre orientação jurídica, acordos extrajudiciais e testes de DNA. O caso do senhor Antenor mostra a importância dos pais se conscientizarem sobre a responsabilidade de assumir a paternidade. O resultado do trabalho de todos, garantiu que a Caravana tivesse êxito”, pontuou.

Numa outra  sala de atendimento, o analista técnico Paulo Brandão, funcionário do Procon/SJDHDS, disse que a ação proporcionou muito mais do que resolução de demandas, mas também levou informação para o consumidor. “Foram feitos encaminhamentos preliminares, a maioria dos casos referentes ao serviço prestado pelas empresas de telefonia, porém, o mais importante foi trazer informação e esclarecimentos sobre os direitos do consumidores e sobre a atuação do Procon”, disse ele.

Secom BA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s