Curaçá (BA): Refúgio de vida Silvestre se prepara para receber casais da espécie Ararinha Azul

Ararinha Azul

O Refúgio de Vida Silvestre, situado dentro de uma área de proteção ambiental na zona rural de Curaçá–BA, está se preparando para receber dezenas de casais da espécie ‘Cyanopsitta spixii’, mais conhecida como Ararinha Azul.

As aves estão em um cativeiro na ACTP (Association for the Conservation of Threatend Parrots) na Alemanha e devem voltar para a sua terra natal no dia 03 de março de 2020. O evento irá mobilizar escolas, sindicatos, autoridades, imprensa e grupos culturais, saudando a chegada de um ilustre filho da terra que por consequência do tráfico de animais e a exploração ilegal abandonou seu habitat natural há mais de 20 anos.

Após a chegada dos cerca de 50 exemplares da Ararinha Azul, o Refúgio de Vida Silvestre vai iniciar o processo de reintrodução das mesmas na caatinga. Essa ação é parte de um projeto que vem sendo desenvolvido há alguns anos com atividades de ecologia, manejo sustentável da fauna, flora e o cooperativismo com os agricultores e as comunidades circunvizinhas. O projeto é coordenado pelo Instituto Chico Mendes de Proteção da Biodiversidade (ICMBio).

Ascom ICMBio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s