Sobradinho (BA): Prefeitura confecciona e distribui máscaras de tecido e de TNT para a população em situação de vulnerabilidade social

Mascaras Sobradinho

A Prefeitura de Sobradinho, através da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, está produzindo mais de 5 mil máscaras dupla face de TNT e de tecido, para serem distribuídas à população em situação de vulnerabilidade social, e também para os profissionais da gestão que estão trabalhando nas barreiras sanitárias e nas ruas da cidade. Além das máscaras, a gestão também está confeccionando batas descartáveis para os profissionais de saúde.


O uso das máscaras de tecido é a nova recomendação da Organização Mundial da Saúde e a gestão quer incentivar a população a aderir ao uso delas, sempre que precisarem sair de casa.

“Na secretaria tínhamos um estoque de tecido, assim como temos no nosso quadro de funcionários profissionais que costuram, tendo em vista as recomendações do uso das máscaras e a dificuldade de adquiri-las no comércio, contratamos mais costureiras e decidimos confeccioná-las aqui mesmo no município. As máscaras que estamos confeccionando serão destinadas a população que vive em situação de vulnerabilidade e é assistida pelo CRAS e também para o pessoal da SIESP, que está trabalhando nas ruas, e para os profissionais da Vigilância Sanitária que atuam no mercado e nas barreiras na entrada da cidade”, declarou a Secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Fernanda de Cássia.

Durante a entrega mensal dos kits de enxovais, que agora vem sendo realizada com horário marcado, a fim de evitar aglomerações, algumas máscaras já foram entregues para as gestantes. “A confecção de máscaras de tecido tem um custo baixo, por isso também queremos incentivar comerciantes e moradores, que têm condições financeiras favoráveis, a confeccionarem as suas próprias e se possível nos apoiar doando para a população mais carente”, concluiu Fernanda.

Segundo os profissionais da saúde as máscaras são aliadas na não disseminação do vírus por pessoas assintomáticas. O seu uso deve ser incentivado, mas ele não substitui a importância do distanciamento social, da lavagem correta das mãos com água e sabão e do uso de álcool gel.

Após o uso das máscaras de tecido é importante higienizá-las, primeiro deixando-as mergulhadas numa mistura de água e água sanitária, depois lavá-la com água e sabão, deixar secar, e só assim voltar a reutilizá-las.

Ascom PMS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s