Bahia: Bancários poderão entrar em greve nos próximos dias

Durante assembleia virtual, realizada na noite desta terça-feira (25/08), os bancários da base do Sindicato aprovaram o estado de greve. Também firmaram o entendimento de ampliar a mobilização para impedir retrocessos. A categoria, inclusive, apresentou diversas propostas de estratégias de enfrentamento aos bancos.

Durante a assembleia, que teve lotação esgotada da sala, foram passados todos os informes da negociação com a Fenaban, que propôs reajuste zero por dois anos. Para 2020, ofereceu abono de R$ 1.656,22, que seria pago em setembro, e de R$ 2.232,72, a ser creditado em agosto de 2021. As informações sobre as rodadas dos bancos públicos também foram repassadas para a categoria.

Os bancos também mantiveram a proposta de redução da PLR (Participação nos Lucros e Resultados). O entendimento da categoria é de que não há justificativa para a atitude das empresas, uma vez que o setor bancário segue lucrativo e, mesmo sem precisar, recebeu ajuda do governo federal para enfrentar a pandemia.

Como o Comando Nacional dos Bancários rejeitou a proposta, uma nova rodada de negociação ocorre nesta quarta-feira (26/08), às 14h. Um dia depois, nesta quinta-feira (27/08), às 20h, o Sindicato realiza nova assembleia para discutir o que foi debatido na reunião e organizar a mobilização.

Ascom Sindicato dos Bancários Bahia

2 comentários em “Bahia: Bancários poderão entrar em greve nos próximos dias”

  1. Como os bancários entram em greve em plena PANDEMIA ? Nós idosos que somos grupo de riscos e nem sabemos usar os caixas eletrônicos, sei que vai implicar muito a vida dos aposentados. O caixa eletrônico só libera mais de 1.000 reais com a digital e eu que não tenho as digitais? Só vou poder retirar 700 reais e nenhuma outra transação. Não te muito tempo foram os seguranças que fizeram greve e os bancos praticamente não funcionou. São pessoas que não ganham salário mínimo e faz greve!! Eu passava o rodo despedia novos e tudo ia andar melhorado que está esse comodismo com o bem bom deveria acabar. Como pode o país enfrentando dificuldade de todos os lados e bancários fazendo greve? Isso é falta de DEUS no coração e amor a pátria. Eu não sou Bolsonaristas mais , entendo que o momento é de extrema atenção e compreensão. Ficam atravancando o país de todo jeito. São folgados demais! Entendo o direito de greve só que esse não é o momento.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s