Sobradinho (BA): Secretaria de Saúde realiza ação no Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio

A Secretaria de Saúde de Sobradinho, através do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) realizou na manhã desta sexta-feira (10/09), na praça Geraldo Silva, uma ação alusiva ao Setembro Amarelo, que marca o dia Mundial de Prevenção ao Suicídio.

A data foi criada pela Associação Internacional para a Prevenção do Suicídio e pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para chamar a atenção de governos e da sociedade civil para a importância do assunto.

A ação envolveu profissionais de saúde mental, como psicólogo, musicoterapeuta, psicopedagoga, assistente social, enfermeira, além de estagiários de psicologia, que ofereceram serviços de aferição de pressão arterial e glicose, plantão psicológico com terapeuta, realização de encaminhamentos psiquiátricos e orientações sobre a prevenção ao suicídio.

“A saúde mental é uma das nossas prioridades. Temos uma equipe qualificada para ajudar as pessoas e atuar na prevenção ao suicídio, que muitas vezes ainda é tratado como tabu pela sociedade. Realizamos trabalhos com o público das gestantes, idosos, adolescentes e também fazemos um trabalho com a nossa própria equipe de colaboradores, pois entendemos que também devemos cuidar de quem cuida. Portanto, toda equipe está de parabéns por desenvolver esta excelente atividade, pois o mês de setembro é apenas um período de maior visibilidade do tema em virtude da campanha, porém mantemos o ano inteiro as nossas equipes mobilizadas para trabalhar na prevenção ao suicídio e de outras questões relativas a saúde mental e assistência social”, destacou a coordenadora do CAPS Marlene Araújo.

A Secretária de Saúde Maysa Sanjuan fez uma reflexão sobre a importância do acolhimento da rede de assistência, principalmente neste período de pandemia, em que a saúde mental das pessoas foi bastante afetada.

“O Setembro Amarelo é uma data importante para que possamos fazer uma reflexão sobre um tema tão delicado como o suicídio. Sabemos que, depois do período da pandemia muitas pessoas foram afetadas psicologicamente em virtude do isolamento social. Deste modo, para que possamos ter sucesso no enfrentamento a este problema, a Secretaria de Saúde disponibiliza a toda a população canais especializados em acompanhar quem sente esta dificuldade. Existe em nosso município uma rede integrada de atenção formada pelo CAPS, CREAS, CRAS e o PAIF. Deste modo, todos esses instrumentos estão à disposição das pessoas de forma gratuita, para que possam cuidar de sua saúde mental e ter uma melhor qualidade de vida,” finalizou a secretária.

Ascom PMS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: