Petrolina (PE): Evento discute conservação e uso sustentável dos recursos da Caatinga

Cartaz_Sibic

Em sua segunda edição, o Simpósio do Bioma Caatinga (Sibic), que acontece de 30 de julho a 3 de agosto no Complexo Multieventos da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Juazeiro-BA, apresenta uma programação extensa e diversificada. Serão palestras, mesas redondas, workshops, apresentações orais e em pôster e visitas técnicas, com temáticas que abordam a conservação e o uso sustentável dos recursos do bioma.

Com mais de 650 inscritos, o público alvo do simpósio é formado por professores e estudantes, pesquisadores, técnicos, produtores, gestores e sociedade civil em geral. A expectativa dos organizadores é de que o evento se consolide como um espaço de discussão sobre o uso e manejo dos recursos naturais da Caatinga, e através dele os participantes possam atualizar seus conhecimentos sobre o bioma e discutir estratégias voltadas para um desenvolvimento sustentável da região.

Segundo a pesquisadora da Embrapa Semiárido e organizadora do evento Lúcia Kiill, o simpósio irá fomentar a articulação entre ensino, pesquisa e extensão nas diferentes áreas do conhecimento, o que é necessário para nortear as instituições que atuam na região na busca de novos conhecimentos e demandas a serem contempladas nas futuras ações e projetos.

Ao longo da programação serão realizadas seis mesas redondas, que abordam temas como a conservação da biodiversidade, recuperação de áreas degradadas, recursos hídricos, serviços ambientais, desenvolvimento territorial e experiências em outras regiões semiáridas. Também vão acontecer seis diferentes workshops, englobando temas como a produção de sementes e mudas da Caatinga, economia circular, tecnologias para o Semiárido, micro-organismos da Caatinga, convivência do homem com a fauna e fomento a ações no bioma.

Na abertura do evento, a partir das 18 horas do dia 30, haverá o lançamento da ferramenta WebAmbiente para adequação ambiental na Caatinga. O sistema foi desenvolvido pela Embrapa, em parceria com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o Ministério do Meio Ambiente e instituições parceiras, com o objetivo de auxiliar os produtores rurais no processo de adequação ambiental da paisagem rural de todos os biomas brasileiros. Para a Caatinga, foram selecionadas 40 espécies mais apropriadas para a recuperação ambiental, que são apresentadas com imagens e informações para auxiliar na compreensão do papel ecológico de cada uma na restauração do bioma.

A novidade desta edição do Sibic é a apresentação de trabalhos técnicos e relatos de experiências. Ao todo foram mais de 270 trabalhos inscritos, dos quais cerca de 70 serão na forma de apresentação oral e 200 pôsteres. A programação técnica segue até a quinta-feira (2), e na sexta-feira (3) acontecem visitas técnicas que irão apresentar a biodiversidade da flora e fauna da Caatinga e seus potenciais.

Os participantes têm três opções de roteiro: a Trilha Ecológica da Caatinga, laboratório de sementes e meliponário da Embrapa Semiárido; o Centro de Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna), da Univasf; e a Monsanto – todos em Petrolina-PE. Agências de turismo locais também oferecerão passeios da Rota do Vinho, visitas ao Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí e aos municípios de Rajada e Afrânio, em Pernambuco, estes por adesão.

O II Simpósio do Bioma Caatinga é realizado pela Embrapa em parceria com a Univasf e Universidade do Estado da Bahia (Uneb). Conta com o patrocínio do Ministério do Meio Ambiente, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE), Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf), Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe), Universidade de Pernambuco (UPE), Prefeitura Municipal de Petrolina, Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (Irpaa), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Monsanto, Mineração Caraíba S/A, Plante Bem, Agropodas, Brotar, Rede de Sementes da Caatinga, Isla Sementes e Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Petrolina (STTR).

As inscrições para o evento, programação e outras informações podem ser obtidas no site http://www.sibic.com.br.

Ascom Embrapa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s