Juazeiro (BA): Novo secretário de Saúde afirma que encontrou ambulâncias sem combustível e lixo hospitalar sem coleta

O Secretário de Saúde de Juazeiro, Fernando Costa, passou a primeira semana de governo administrando problemas na sua pasta e não foram poucos. Logo no dia 1º de janeiro, serviços essenciais como o atendimento nas unidades de saúde foram prejudicados por falta de escalas dos profissionais.

No Samu, as ambulâncias amanheceram no primeiro dia do ano sem combustível e o fornecedor sem querer abastecer. A manutenção precária dos veículos de socorro de urgência é outra preocupação. Uma unidade foi tirada de circulação por problemas mecânicos, o que dificulta o atendimento à população. Cilindros de oxigênio foram encontrados vazios. No próprio prédio do Serviço de Urgência, uma obra iniciada pela gestão anterior segue a passos lentos e sem qualquer organização.

Na parte de regulação de leitos e transferência de pacientes é indispensável os serviços de internet que foi desativado pela última gestão. As farmácias estão com pouca medicação, equipamentos odontológicos quebrados, pouco material de uso hospitalar e o lixo hospitalar não estava sendo recolhido.

“Além do período de transição ter sido muito pequeno, nós fomos impedidos de entrar em vários setores da saúde para assegurar o seu pleno funcionamento após o dia 31 de dezembro de 2020. Considerando que não tivemos tempo hábil para solucionar os problemas, passamos a semana tomando medidas em caráter de urgência para evitar o caos na saúde. Nossa gente não pode ser penalizada por problemas criados pela gestão anterior.” Ressaltou o Secretário de Saúde de Juazeiro, Fernando Passos.

O secretário ressalta que a gestão passada não cumpriu o prometido, que era de deixar os equipamentos de saúde abastecidos até o dia 10 de janeiro. As primeiras medidas tomadas foram a de organizar os serviços do Samu, a escala dos profissionais de saúde nas unidades, a criação do comitê de enfrentamento à Covid-19, e a coleta de dados para o plano de vacinação contra o coronavírus. “A gestão passada tentou instalar caos na secretaria, que foi contornado por nossa competente equipe”, finalizou Fernando Costa.

Ascom PMJ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s