Juazeiro (BA): Município recebeu mais 630 doses de CoronaVac neste domingo

Neste domingo (31/01), Juazeiro recebeu do governo federal, através da Secretaria de Saúde Bahia, mais 630 doses da vacina contra a covid-19, a CoronaVac (Butantan). Nessa Fase 1 da campanha de imunização,  foram recebidas em  15 dias, 5.250 doses – sendo 3.180 da fabricada pelo instituto brasileiro Butantan e 2.070 doses da vacina AstraZeneca (Oxford/Fiocruz).

Com as primeiras doses recebidas, a Secretaria de Saúde de Juazeiro enviou unidades volantes para atender nos postos de trabalho, profissionais de saúde da rede hospitalar, Samu, idosos em casas de longa permanência e trabalhadores da saúde nas unidades básicas da sede e do interior.

De acordo com o Plano Municipal de Imunização, a Fase 1 deve vacinar idosos em casas de abrigo, profissionais de saúde e indígenas que vivem em aldeias. Juazeiro mapeou o público alvo. São 7.385 idosos nessa etapa da campanha e 6.887 profissionais de saúde. Juazeiro ainda não atingiu todo o público-alvo porque não recebeu vacina suficiente.

Nesta segunda-feira, 1° de fevereiro, terá início a vacinação contra a Covid-19 em idosos acima de 90 anos. De acordo com a Superintendência de Vigilância em Saúde, tanto os idosos da zona rural quanto os da sede, nessa faixa etária, receberão a vacina nessa Fase 1.

Controle

Para o controle das doses recebidas e aplicadas, o usuário deverá apresentar ao vacinador os cartões de vacina e do SUS, e o CPF. A cada dose aplicada, a Secretaria de Saúde vai anotar nome, endereço, nome da mãe do vacinado, laboratório fabricante da vacina, lote e data de validade do imunizante. A primeira e segunda doses precisam ser do mesmo laboratório fabricante.

Idosos acima de 90 anos

As Unidades Básicas de Saúde para vacinação são as UBS’s: Santo Antônio e Muçambê, Quidé, Alto da Aliança, Dom Tomás, João Paulo II   e Alto da Maravilha.O funcionamento é das 7h às 17h. São

Profissionais de saúde

O posto de atendimento será o Centro de Saúde III, no Angary, de segunda a sexta-feira,  das 13h às 17h. O trabalhador da saúde deve apresentar a carteira do conselho e comprovante de vínculo empregatício.

Fases da campanha

A vacinação no país deverá acontecer de forma escalonada, em quatro fases, priorizando diferentes grupos da população, conforme a seguir:

Fase 1: Trabalhadores da área de saúde, idosos com mais de 75 anos, brasileiros acima de 60 anos que vivem em Instituições de Longa Permanência para Idosos – ILPI (abrigos, asilos, casa de acolhimento, etc), população indígena aldeada, comunidades tradicionais e ribeirinhas. Pessoas a partir de 18 anos de idade com deficiência, residentes em Residências Inclusivas (institucionalizadas).

Fase 2: Idosos de 60 a 74 anos em qualquer situação.

Fase 3: Comorbidades (risco maior de agravamento)

Fase 4: Profissionais da educação, profissionais das forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema prisional e a população privada de liberdade, pessoas em situação de rua, pessoas com deficiência institucionalizadas, pessoas com deficiência permanente severa, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário e metroferroviário de passageiros, trabalhadores de transporte aéreo e trabalhadores portuários. A vacinação nas fases descritas ocorrerá de acordo ao percentual de doses recebidas pelo município, conforme programação disponibilizada pelo Ministério.

Ascom PMJ

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s